O que há de estranho em mim – Livro

O-que-há-de-estranho-em-mim
Créditos: Um livro ou dois

O que há de estranho em mim – É bom ou não?

Então né, eu achei bem médio, talvez porque já li muitos livros, ou porque eu já estou velha e essa coisa adolescente me cansou um pouco, enfim, vamos lá!

 

O que há de estranho em mim conta a história de Brit que foi enviada pelo próprio pai para um reformatório. Porém está clinica tem métodos nada convencionais para tratar as garotas. Eles fazem as meninas se xingarem e dedurem uma as outras para que elas possam subir de nível e por fim sair da reabilitação. Brit não gosta nenhum pouco desse tratamento, então resolve criar um grupo para colocar fim à instituição.

 

Claro que tem romance adolescente no meio, mas é uma história secundária, não fica aquela melação toda de como ela ama o garoto e sente saudades dele. Acho que esse é o ponto positivo do livro, ele não é enrolado. Você lê ele todo bem rapidinho, não é chato, mas ele não é aquele livro SUPER emocionante.

Talvez eu não tenha gostado taaanto porque eu li ele depois de Caixa de Pássaros que é um livro beeem empolgante.

Acho que é um bom presente para uma adolescente que já está acostumada a ler!

Ou para alguém que quer uma leitura mais leve. Como eu digo, sempre vale a pena ler, então não será tempo perdido ler O que há de estranho em mim.


Dados do livro:

O que há de estranho em mim – Gayle Forman

Sinopse: 

Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. 

Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. 

Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece. 

Gênero: Romance/aventura

Editora: Arqueiro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s